Paranaeducação e UEL, por meio da Fundação HUTec, unem forças em projeto para melhorar saúde mental nas escolas do Paraná 24/10/2023 - 11:22

A temática da saúde mental tem conquistado espaço nos debates nacionais da educação, principalmente pelos impactos vividos durante a pandemia de covid-19, que afetou a rotina dos estudantes e professores, impondo consequências para a saúde mental na comunidade escolar. Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos anos, houve um aumento alarmante no número de casos de depressão em crianças de 6 a 12 anos, que saltou de 4,5% para 8%. Além disso, globalmente, mais de 13% dos adolescentes com idades entre 10 e 19 anos sofrem de transtornos mentais, conforme a OMS.

Diante dessa realidade, o Paranaeducação está celebrando um projeto em parceria com a Universidade Estadual de Londrina – UEL e a Fundação HUTec, objetivando a melhoria do ambiente escolar, por meio da contratação de profissionais da psicologia e serviço social para atender a rede estadual de ensino. “O propósito desse projeto é transformar nossas escolas em centros de aprendizado seguros e inclusivos. A participação ativa das famílias e da comunidade é a chave para atingir esse objetivo. Estamos empenhados em construir um ambiente seguro e acolhedor, onde todos possam prosperar”, afirma o Superintendente do Paranaeducação Carlos Tamura.

A atuação de profissionais da psicologia e do serviço social, enquanto equipes multidisciplinares, junto aos Núcleos Regionais de Educação do Paraná, será fundamental para instrumentalização dos diretores e equipes pedagógicas das escolas estaduais para lidarem com as situações de vulnerabilidade social e educacional, por meio da elaboração de diagnósticos de ações e projetos orientadores. O projeto tem como meta oferecer treinamento aos profissionais da educação que desempenham um papel crucial no processo de ensino e aprendizado. Essa capacitação visa habilitá-los a identificar e implementar ações que respondam às necessidades comportamentais, emocionais e socioeconômicas dos estudantes matriculados na rede estadual de educação do Paraná.

Uma dimensão fundamental do projeto é a busca por uma maior integração e participação da comunidade e das famílias na vida escolar. O objetivo é envolver esses grupos de forma ativa na resolução de questões relacionadas à violência no cotidiano escolar e na redução das taxas de evasão. Além disso, está prevista a condução de um diagnóstico situacional regionalizado na rede de ensino do Paraná. A equipe executora, composta por psicólogos e assistentes sociais, realizará avaliações para identificar potenciais obstáculos ao aprendizado, transtornos emocionais e de rastrear taxas de evasão e retenção, que podem impactar o desempenho dos estudantes nas escolas.

Universidade Estadual de Londrina - A UEL foi criada em 1970 e desenvolve atividades relacionadas ao tripé: ensino, pesquisa e extensão. Ao longo dos anos, a UEL desenvolveu diversas frentes de atividades, com intuito de proporcionar à comunidade o desenvolvimento de projetos que possam auxiliar nas demandas de outros órgãos e entidades.

Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina - A Fundação HUTec é órgão gerenciador de projetos de pesquisas, programas de educação continuada e de prestação de serviços na área da Saúde, assim como de cursos de pós-graduação latu sensu. Atende tanto demandas e solicitações da comunidade académica como da comunidade externa – pública ou privada. E em projetos e programas que podem ser gerenciados com recursos próprios e/ou com o apoio financeiro de órgãos municipais, estaduais ou federal.